June 9, 2022

Aprenda como proporcionar um site sem barreiras para o seu cliente

Emily Trigueiro

A lista foca em 25 princípios do varejo e 6 pontos chaves para melhorar a experiência do site na versão mobile. Vamos lá?

Sequência de ações para compra

Ponto 1: Home Page ou Landing Page

A sua página principal ou página de vendas são seu primeiro contato com o cliente, se o seu objetivo é vender, é importante que a página contenha uma CTA (Chamada para ação) bem clara. 

Além disso, essas chamadas precisam ser descritivas. Uma CTA clara pode aumentar em 33% os cadastros dos consumidores.

O consumidor precisa entender com clareza qual ação você quer que ele faça, para isso é interessante que você o oriente por todos os benefícios, propostas de valores e desdobre todas as dores que o seu produto possa vir a sanar.

Evite o uso de pop-ups de página inteira, esses anúncios que bloqueiam a tela acabam com a experiência do usuário. Esses anúncios são o equivalente aquele atendente de loja que insiste que você faça o cartão, mesmo você dizendo que está só dando uma “olhadinha”.

Remova carrosséis automáticos, banners em carrossel são muito úteis para passar informações complementares mas, a velocidade de transição pode atrapalhar a experiência de quem está focado na mensagem. 

O usuário precisa sempre estar no controle do site.

Ninguém gosta de passar horas procurando por um produto, por isso coloque suas principais categorias na home page e de fácil visualização do cliente.

Use fontes legíveis e de tamanho atrativo, seus clientes precisam receber a mensagem de forma clara e visualmente elegante. 

E por fim, prova social, os famosos depoimentos. Quantas vezes você já comprou um produto por ter sido influenciado por terceiros? Várias vezes, não é mesmo? 

Com os seus consumidores não é diferente, as pessoas têm a tendência de validarem suas opiniões baseadas nas opiniões de outras pessoas, por isso, use e abuse de comentários positivos. 

Se quiser saber mais sobre a técnica Sentir-Saber-Fazer, leia nosso artigo!

Ponto 2: Menu e Navegação

O menu é uma parte chave para uma boa experiência do cliente, um menu bagunçado pode atrapalhar a busca do cliente e fazê-lo sair do site.

Se o tráfego no ponto de venda e ligações são importantes, opte por botões de contato e localização no topo das páginas, dessa forma se houver o interesse seu cliente sabe exatamente como te encontrar ou solicitar um orçamento.

Mantenha o menu simples e em uma página, principalmente na versão mobile, o consumidor não gosta de rolar a página para encontrar uma opção.

Para categorias principais, ordene os produtos por volume de tráfego. Caso existam subcategorias, organize-as em ordem alfabética.

Mantenha seu menu atualizado e acrescente a aba de promoções, clientes novos tendem a buscar por promoções em sua primeira compra. 

Ponto chave 3: Barra de pesquisa

Seu site pode ser o mais organizado e atrativo possível, porém, a barra de pesquisa é um ponto chave para clientes mais objetivos e que sabem o que querem. Por isso:

  • Mantenha a pesquisa visível
  • Use sugestões automáticas
  • Acrescente corretor ortográfico
  • Sempre ofereça um resultado
  • Utilize a inteligência artificial e mantenha em destaque buscas anteriores ou as maiores buscas do site.

Ponto 4: Categorias e Produtos

Garantir o tráfego no site é importante, por isso recomendamos que você tenha uma proposta de valor do produto em todas as fases do funil, principalmente nas categorias e páginas de produto. 

Exemplo: Você oferece um produto anti-acne, crie uma categoria com todos os produtos para acne, acrescente informações na descrição do produto e etc.

Disponibilize a opção de filtro ou organize a categoria de maneira fácil.

Acrescente elementos de urgência, por exemplo, selos de desconto, ultimas unidades e etc.

Tenha sempre o preço nas páginas de produto e acrescente CTAs extras como, compra parcelada, lista de desejos, e-mail, ligação, entre outros.

E como falamos anteriormente, acrescente depoimentos de outros consumidores satisfeitos com o produto.

Ponto 5: Conversão

Um dos principais erros é enviar o cliente direto pro checkout após acrescentar um produto no carrinho, o ideal é limitar os pontos de saída e fazer com que o consumidor continue experienciando o site, buscando novos produtos e promoções.

Use uma barra de progresso se a sua página de conversão possuir mais de 2 passos, reapresente ao consumidor os valores do produto durante a conversão. 

Utilize chamadas para ação descritivas, apresente ao seu cliente qual a melhor opção de frete, pagamento e onde utilizar o cupom de desconto. 

Permita que os consumidores finalizem a compra em outro dispositivo, relembre-os do carrinho via e-mail ou disponibilize uma aba “salvar para depois”. 

Por fim, facilite a compra sem cadastro, estudos comprovam que 35% dos usuários consumidores tendem a abandonar a compra e não fornecer dados com receio de spam. 

Por isso, é importante que você forneça benefícios de cadastro, como cadastro com redes sociais, 92% dos usuários desistem se não lembram os dados de cadastro.

Ponto 6: Otimização

Formulários são a melhor forma de receber feedbacks, construir uma lista de clientes, realizar campanhas de cadastro e muito mais.

Sendo assim, existem algumas maneiras de garantir que seu usuário preencha o formulário e facilite a sua retenção de dados.

  • Marque como obrigatório campos necessários;
  • Utilize resposta de uma linha;
  • Ofereça resposta automática;
  • Reduza o número de campos;
  • Use corretor ortográfico;
  • Não use listas suspensas para mais de 4 opções, opte por botões;
  • Use steppers, sliders ou abra um campo de resposta numérica em vez de listas suspensas;

Achou esse conteúdo interessante? Conta pra gente quais desses pontos o seu site segue!

Dica: Antes de implementar todos os princípios é importante analisar o que funciona para o seu público e segmento. 

Se tiver alguma dúvida sobre como realizar esses testes, entre em contato com a nossa equipe. 

Últimas notícias e artigos sobre ecommerce.

Quer ter atualizações sobre a agência?
Inscreva-se em nossa newsletter.